Fim de semana em Londres: o guia completo

Por Room5,

O melhor de Londres: o que visitar, pontos turísticos e locais a não perder!

Londres é um dos destinos mais populares da Europa, atraindo turistas durante todo o ano. Impregnada de história, esta gigante capital tem muito para oferecer, com galerias de arte de nível mundial, lojas fenomenais e um ambiente e dinâmica incríveis. Por tudo isto, organizar uma viagem a Londres pode tornar-se uma missão avassaladora, especialmente para quem a visita primeira vez.

A pensar nisso, fizemos um guia completo dos pontos de interesse que não pode perder, mesmo que só esteja pela capital durante um fim de semana.

> À procura de hotel em Londres? Não perca a nossa seleção de 10 hotéis para todas as carteiras em Londres.

Abadia de Westminster

Fotografia de byzantiumbooks

Há dez séculos, os monges beneditinos chegaram pela primeira vez à Abadia de Westminster e criaram uma tradição de culto diário. Esta tradição mantém-se até à data, uma vez que milhares de visitantes e habitantes locais continuam a assistir às cerimónias religiosas diárias ou a reunir-se neste local, simplesmente para contemplar a sua beleza.  Este edifício de estilo gótico é a igreja de coroação da monarquia inglesa desde 1066 e o local onde estão sepultados dezassete monarcas, entre outras personalidades notáveis, como cientistas, escritores e artistas. Alberga um tesouro de quadros, vitrais, têxteis e artefactos e está aberta ao público, de segunda-feira a sábado.

 

British Museum

Fotografia de William Warby

O British Museum é dedicado à história da humanidade, arte e cultura e conta com uma coleção permanente que inclui cerca de 8 milhões de obras. Foi fundado em 1753 e aberto ao público em 1759, no mesmo local onde se encontra o edifício atual. A sua expansão ao longo dos dois séculos e meio seguintes foi, em grande parte, resultado da expansão colonial britânica. A coleção, uma das mais belas do mundo, abrange dois milhões de anos de história da humanidade. O museu está localizado na área de Bloomsbury e o acesso é gratuito, o que o torna numa paragem obrigatória durante a sua visita a Londres.

 

Leadenhall Market

Fotografia de Dun.can

O magnificamente restaurado Leadenhall Market, com os seus passeios em calçada, tem uma história que remonta ao século XIV, embora a sua galeria icónica tenha sido acrescentada muito mais tarde, no século XIX. Atualmente, sob o teto vitoriano de ferro e vidro, existem bancas, restaurantes e pubs onde os habitantes locais aproveitam para comer um snack e beber uma cerveja ao final da tarde. A atmosfera intrigante e a arquitetura histórica fazem deste mercado um local popular para tirar fotografias e rodar filmes — na verdade, parte do filme Harry Potter e a Pedra Filosofal foi filmada aqui.

 

The Shard: o ponto de observação mais alto de Londres

A vista a partir do The Shard é impressionante.

A “The View from The Shard” é espetacular. Feito de vidro azul transparente de alta qualidade e construído para se assemelhar aos inúmeros pináculos de igrejas que salpicam o horizonte de Londres, a estrutura do The Shard tem uma oferta de bares, restaurantes e até um hotel de luxo – o Shangri-La. O The Shard foi projetado pelo arquiteto italiano Renzo Piano para refletir o céu, as nuvens e a luz solar. Num dia de sol, o edifício funde-se no horizonte de Londres como um pedaço de vidro.

 

London Eye

A roda gigante mais alta da Europa. Fotografia de greg westfall.

A Coca-Cola London Eye é uma roda gigante situada na margem sul do rio Tamisa. A estrutura tem, no total, 135 metros de altura e, atualmente, detém o título da roda gigante mais alta da Europa. Até recentemente, era a mais alta plataforma de observação pública de Londres, tendo sido destronada pelo 72.º andar do The Shard.

A vista no topo da roda gigante. Fotografia de Stig Nygaard.

Uma rotação completa demora 15 minutos e oferece uma magnífica vista panorâmica de Londres, em todas as direções.

 

Torre de Londres

Fotografia de Captain Roger Fenton.

Uma das prioridades da maioria dos visitantes é o “Palácio Real e Fortaleza de Sua Majestade”, mais vulgarmente conhecido como Torre de Londres. Este castelo histórico está localizado na margem norte do rio Tamisa, a uma curta distância da icónica Tower Bridge. Foi mandada construir por Guilherme, o Conquistador, em 1078 e, atualmente, são aqui guardadas as joias da Coroa de Inglaterra. Tendo funcionado como prisão durante os séculos XVI e XVII, a visita à torre inclui uma passagem pela câmara de tortura, repleta de réplicas dos instrumentos e engenhos originais usados para extrair confissões de prisioneiros como Guy Fawkes.

Tower Bridge. Fotografia de Moyan_Brenn.

 

Descubrir Londres a pé

Catedral de S. Paulo e Millennium Bridge. Fotografia de Untalented Guy.

Haverá melhor forma de conhecer uma cidade do que passeando a pé? Há muitos percursos que pode fazer em Londres, como o de Blackfriars ao Borough Market. Começando na margem norte do Tamisa, verá a Catedral de S. Paulo e, atravessando a Millennium Bridge, passará por galerias, como a Tate Modern e o Shakespeare’s Globe Theater. Por fim, chegará ao Borough Market onde poderá fazer compras e comer numa das incríveis bancas de comida gourmet – um regalo bem merecido depois de tanta caminhada! Se preferir os passeios guiados, recomendamos a Mind The Gap Tours e a Alternative Tour of London.

 

Shopping: perder-se nas compras em Londres

Camden Market. Fotografia de Images George Rex.

Londres é um dos principais destinos de compras do mundo, com milhares e milhares de lojas espalhadas pelas ruas de toda a cidade. Das boutiques de roupa e dos movimentados mercados de Camden, Portobello e Spitalfields, aos grandes armazéns mundialmente famosos, como o icónico Harrods e Selfridges, passando pelas emblemáticas lojas em Oxford Street, Regent Street e Covent Garden.

Harrods

O Harrods é um autêntico local de peregrinação em Londres. Fotografia de gadgetdude.

O Harrods é um grande armazém de luxo localizado na Brompton Road, em Knightsbridge. Tem 330 departamentos que ocupam um milhão de metros quadrados de espaço comercial, o que faz dele o maior armazém da Europa. O lema do Harrods é “All Things for All People, Everywhere” (“Tudo para todos, em todo o lado”). Visite o departamento sazonal de Natal e não perca também as extraordinárias secções de alimentação.

Selfridges

No Selfridges, a cave está repleta de modernos acessórios para a casa e equipamento prático de cozinha e o rés do chão conta com mais de 9.000 metros quadrados de marcas de luxo. Todavia, a maioria dos clientes dirige-se imediatamente aos impressionantes pisos de moda da Selfridges. Aqui, pode encontrar marcas ousadas, marcas de comércio de rua mais elegantes, bem como marcas de luxo e de preço intermédio. É a maior loja em Oxford Street e uma meca para os compradores.

Liberty London

Liberty London: a loja londrina por excelência. Fotografia de Stig Nygaard.

A Liberty, em Regent Street no West End, oferece uma enorme variedade de artigos de luxo e é um dos meus destinos preferidos pelas magníficas malas, lenços e acessórios adornados com os seus famosos padrões. Os clássicos padrões da Liberty são intemporais e servem como recordações maravilhosas da sua viagem a Londres.

Fortnum Mason

A Fortnum Mason é uma loja única e deslumbrante, mesmo no centro de Mayfair. É mundialmente conhecida por fornecer alimentos, cestos, chás e vinhos requintados. Para além das lojas para mulher e homem, tem cinco restaurantes, incluindo um bar de vinhos premiado e uma magnífica gelataria.

Livrarias em Charing Cross

Charing Cross: o epicentro dos livros de todos os géneros. Fotografia de Bill Smith.

Partindo de Trafalgar Square na direção de St. Giles’ Circus (onde vira para a Tottenham Court Road), vai ter à Charing Cross Road, onde irá dar por si entre uma miríade de livrarias de livros novos e usados, especializadas em todos os géneros, da arte à ficção científica, passando pela literatura policial. Mais abaixo da Charing Cross Road, está a Denmark Street, carinhosamente apelidada de Tin Pan Alley, que acolhe várias lojas de música, bem como a lendária sala de espetáculos London Astoria.

 

Onde ficar em Londres e melhores hotéis

Agora que sabe os locais que não pode perder, está na altura de planear o resto da viagem. Primeiro passo? Hotel claro!

Descubra as melhores ofertas de hotéis em Londres com o trivago.

Ver hotéis em Londres

Não perca ainda o nosso artigo sobre:
> Onde ficar em Londres: 10 hotéis para todas as carteiras